Acesso único para serviços públicos digitais já conta com 60 milhões de usuários

Cidadão pode solicitar serviços públicos virtualmente com único login e senha

Governo Federal tem acelerado a digitalização de serviços públicos para facilitar a vida do cidadão, em especial de quem precisa evitar deslocamentos devido à Covid19. Desde o começo da pandemia, cresceu o número de serviços transformados em digitais no portal gov.br, ferramenta que permite o uso de um único login e senha. O encadeamento dessas soluções resulta agora na marca de 60 milhões de pessoas cadastradas no login único do Governo Federal.

O login único é uma solução da Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia para que as pessoas não precisem, por exemplo, criar um login para acessar o Meu INSS e outro para a CNH Digital.

“Quanto mais pessoas acessarem os serviços públicos digitais, sem se deslocarem para solucionar suas demandas, mais rapidez, eficiência e economia temos para o estado brasileiro”, ressalta o secretário de Governo Digital, Luis Felipe Monteiro. “O login único representa uma evolução na vida do cidadão, que já não precisa mais realizar diversos cadastros e memorizar nomes de usuário e senhas diferentes.”

De janeiro a março deste ano, em média 3,66 milhões de pessoas a cada mês criaram suas contas no login único. Em abril, foram quatro milhões pessoas. O incentivo ao uso dos serviços digitais é uma diretriz de governo no enfrentamento à Covid-19. No login único, houve um acréscimo no número de serviços disponíveis em março e abril – hoje já chega a 826 serviços.

Serviços mais acessados

Os serviços mais acessados neste momento no login único são o Meu INSS, do Instituto Nacional de Seguro Social; a Carteira de Trabalho Digital; o site da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim) e a Carteira Digital de Trânsito.

Com a ferramenta, o cidadão pode utilizar serviços públicos não apenas do Governo Federal, mas também do Distrito Federal e oito estados: Alagoas, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Pernambuco e Bahia. As 27 Juntas Comerciais espalhadas pelo País também já estão integradas ao sistema, além de quatro municípios: São Paulo, Recife, Blumenau e Rio do Sul.

Alguns dos principais serviços integrados nas últimas semanas ao login único foram: Exame Nacional do Ensino Médio (Enem); Portal de Serviços do Rio Grande do Sul e o Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (Sistec).

“Há uma série de serviços com alta demanda entre a população, como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação, e do Centro Virtual de Atendimento (e-CAC), da Receita Federal, nos quais estamos trabalhando para a integração total ao login único. Dessa forma, simplificamos ainda mais a utilização dos serviços pelo cidadão”, acrescenta o coordenador-geral de Plataformas de Serviços Públicos Digitais da Secretaria de Governo Digital, Hudson Mesquita.

Números do login único

  • São oferecidos hoje 826 serviços públicos federais, estaduais e municipais;
  • 60 milhões de pessoas – mais de um quarto da população brasileira – já têm cadastro no login único.

Como era antes

  • Órgãos do Governo Federal, dos estados e dos municípios atuavam até então de forma isolada, sem coordenação com as iniciativas de transformação digital do Governo Federal, resultando na sobreposição de esforços;
  • O cidadão precisava realizar diversos cadastros e memorizar nomes de usuário e senhas diferentes, para cada site ou aplicativo dos órgãos públicos.

Como ficou

  • O cidadão memoriza apenas um login e uma senha;
  • Os usuários passam a consumir serviços públicos com acesso cada vez mais fácil, independentemente de quem presta o serviço.

 

Fonte: Portal Gov.br