Brasil investe R$ 26 milhões para reforçar segurança nas fronteiras

Equipamentos de radiocomunicação vão reforçar segurança nas divisas do Paraná e Amazonas; metade do recurso foi obtido a partir de bens apreendidos do tráfico de drogas

O dinheiro arrecado com leilões de bens apreendidos do tráfico de drogas está sendo utilizado para reforçar a segurança das fronteiras brasileiras. Com o recurso, o Ministério da Justiça e Segurança Pública, em parceria com o Exército Brasileiro, adquiriu equipamentos de radiocomunicação. A ação faz parte do Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras e Divisas, o Vigia. Desde abril de 2019, o projeto atua no combate ao crime organizado e delitos nas fronteiras. O equipamento será utilizado nos estados da Amazonas e Paraná.

Importado dos EUA, o equipamento de radiocomunicação vai tornar mais rápida as ações dos agentes de segurança que atuam em operações nas fronteiras. O intuito é impedir a entrada de armas, munições, drogas e cigarros contrabandeados para o Brasil.

O Governo Federal investiu R$ 26 milhões na aquisição do equipamento. No entanto, metade desse valor foi arrecado em leilões de bens apreendidos do tráfico de drogas pela Secretária Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad).

 

Fonte: Gov.br