Caderneta da Gestante: nova versão da traz orientações sobre alimentação, saúde bucal, trabalho de parto e nascimento

Material atende a demandas antigas dos trabalhadores de saúde que atuam no acompanhamento de gestantes

Pensando nas atuais necessidades das gestantes e dos profissionais de saúde, o governo federal, por meio do Ministério da Saúde, realizou a atualização da Caderneta da Gestante. A 6ª edição conta com algumas novidades sobre alimentação, saúde bucal, trabalho de parto e nascimento.

A Diretora do Departamento de Ações Programáticas Estratégicas da Secretaria de Atenção Primária à Saúde, Lana Lourdes, explica que a caderneta agora está mais organizada e atende a demandas antigas dos trabalhadores de saúde que atuam no acompanhamento de gestantes. “Ouvimos os pleitos antigos dos profissionais de saúde pedindo mais espaço para preenchimento, um local mais confortável para realmente incluir as informações importantes e para que a gestante assim consiga ser acompanhada de forma mais segura e com mais qualidade em toda a rede de atenção à saúde”.

Atualizações:

Dez passos para a alimentação saudável na gestação;

Orientações sobre saúde bucal e registro de consulta do pré-natal odontológico;

Informações atualizadas sobre trabalho de parto, parto e nascimento;

Mais destaque para o pré-natal do pai/parceiro;

Atualizações de conteúdo técnico e diagramação mais moderna;

Curvas de acompanhamento do ganho ponderal de gestantes atualizadas;

Espaços de preenchimento dos dados de exames e vacinas readequados.

Mais de 3 milhões de exemplares serão distribuídos aos 26 estados e ao Distrito Federal em 2022. O valor do investimento nessa ação é de cerca de R$ 5,7 milhões. “Muitas outras ações vão surgir para a gente dar o melhor cuidado que as mães do Brasil merecem”, afirmou o secretário de Atenção Primária do Ministério da Saúde, Raphael Câmara.

 

Com informações do Ministério da Saúde.