Cartilha orienta comunidades tradicionais e associações sem fins lucrativos interessadas em receber doações

Representantes de povos e comunidades tradicionais e de associações sem fins lucrativos interessados em receber doações já podem consultar as instruções para cadastro no Programa Pátria Voluntária. As informações sobre como obter ajuda durante a pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19) estão disponíveis na cartilha disponibilizada pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH). Assista ao vídeo:

Criado pela Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SNPIR), em parceria com o Pátria Voluntária, o material apresenta o passo a passo necessário para que as instituições possam ser beneficiadas. Esclarece, entre outras dúvidas, o que deve ser feito para se cadastrar, como criar a página da instituição e como publicar uma ação para que o projeto seja contemplado.

“A Covid-19 está trazendo muitas consequências para todos os brasileiros, e sabemos que há necessidades específicas dentro das características de cada comunidade. Nesse contexto, temos a possibilidade de contarmos com o apoio do Programa Pátria Voluntária, que permite às instituições que possuem CNPJ e estão com a documentação em dia receberem doações”, afirma a titular da SNPIR, Sandra Terena.

Iniciativa do Governo Federal, o Pátria Voluntária fomenta a prática do voluntariado como um ato de humanidade, cidadania e amor ao próximo e estimula o crescimento do terceiro setor, contribuindo para a transformação do Brasil em um país mais justo e mais solidário. Também são objetivos do programa a promoção do voluntariado de forma articulada entre o governo, as organizações da sociedade civil e o setor privado e o incentivo ao engajamento social e à participação cidadã em ações transformadoras da sociedade.

“É importante que todos façam parte desta rede de solidariedade. Quem quiser ajudar basta acessar o patriavoluntaria.org”, finaliza a secretária da SNPIR.

Acesse a cartilha com instruções para cadastro no Programa Pátria Voluntária

 

Fonte: Portal Gov.br