Cidades de todo o Brasil têm até março para aderir ao programa Município + Cidadão

Iniciativa lançada pelo governo federal tem o objetivo de reconhecer e valorizar iniciativas que transformam comunidades por meio de políticas públicas integradas nas áreas da Cultura, Desenvolvimento Social e Esporte.

Cidades de todo o Brasil têm até o dia 15 de março para aderir ao Programa Município + Cidadão. A iniciativa lançada pelo Ministério da Cidadania tem o objetivo de reconhecer e valorizar iniciativas que transformam comunidades por meio da implantação de políticas públicas integradas nas áreas da Cultura, Desenvolvimento Social e Esporte. Interessados em participar devem acessar a página oficial (cidadania.gov.br/municipiomaiscidadao) e formalizar a adesão ao programa.

Para o ministro da Cidadania, Osmar Terra, é uma oportunidade para que boas práticas, a partir de gestões comprometidas, sejam reconhecidas e disseminadas para diferentes partes do país. “Esta iniciativa é a junção de várias ações que os municípios já fazem, na maior parte das vezes, e que elevam o patamar da cidadania e melhoram a qualidade de vida da população. Nós queremos que essas ações sejam disseminadas e ampliadas em todos os municípios brasileiros”, disse.

Até o momento, mais de mil municípios já aderiram ao programa – quase 20% por cento do total. As equipes do governo federal ficarão à disposição dos participantes para tirar dúvidas e explicar como aderir e cumprir as metas propostas.

A partir do dia 3 de fevereiro, as cidades que aderirem também poderão se inscrever para o Prêmio Município Mais Cidadão. A proposta visa valorizar o esforço de gestores em promover o desenvolvimento das pessoas e a construção da cidadania em suas regiões. “Eu gostaria de conclamar os prefeitos de todo o Brasil pra participarem do Prêmio + Cidadão, que terá uma premiação agora em junho. É um pedido que eu faço, é uma conclamação que eu faço para que os prefeitos façam sua adesão ao programa Município + Cidadão para participarem dessa competição em prol da sociedade”, concluiu o ministro.

Para saber mais, acesse a página oficial do Programa Município + Cidadão.

Fonte: Secretaria Especial do Desenvolvimento Social