Eficiência Energética em Habitação Social

Projeto de cooperação técnica Eficiência Energética no Desenvolvimento Urbano Sustentável promove cursos de capacitação aos gestores locais

A Secretaria Nacional de Habitação (SNH) do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) em parceria com a Agência Alemã de Cooperação Internacional (GIZ) abrem nesta segunda-feira (22), inscrições para cursos sobre Eficiência Energética e Habitação, voltado para os gestores municipais.

Evitar o desperdício e realizar mais serviços energéticos com a mesma quantidade de energia resulta em ganhos de competitividade e benefícios para toda a sociedade. A eficiência energética contribui ainda para a segurança energética, modicidade tarifária, postergação de investimentos em geração elétrica, maior competitividade e produtividade, geração de empregos, mais bem-estar para a população, menores gastos com saúde pública e redução de impactos ambientais.

O Relatório de Mercado de Eficiência Energética (EEMR – Energy Efficiency Market Report) de 2019 da AIE conclui que, globalmente, o ritmo de crescimento na eficiência no uso de energia está diminuindo. Isso representa uma oportunidade perdida. Em 2018, a eficiência energética gerou 1,6 trilhão de dólares a mais em valor para a mesma quantidade de energia em comparação a 2017. No entanto, esse benefício teria sido cerca de 2,6 trilhões de dólares a mais se a intensidade de energia tivesse melhorado a uma taxa anual de 3% desde 2015.

Segundo a Confederação Nacional de Municípios (CNM), a agenda de eficiência energética tem avançado nos prédios públicos e tem ganhado relevância nas edificações residenciais e não-residenciais, considerando modelos e produtos inovadores para moradias e espaços públicos mais eficientes. Assim, os cursos representam oportunidade ímpar neste novo ciclo de gestão.

 

Período de Inscrições:

– 22/02/2021 a 03/03/2021 – Introdução à Eficiência Energética em Habitação de Interesse Social

– 05/03/2021 a 15/03/2021 – Práticas em Eficiência Energética em Habitação de Interesse.

 

Outras duas capacitações terão as inscrições abertas no mês de abril: Avaliação de Simulação Energética e Introdução a Avaliação Econômica de Eficiência Energética e Energias Renováveis, que abordarão a redução do consumo de energia das habitações. Será levada em conta as condições bioclimáticas das diferentes regiões brasileiras e os aspectos gerais das habitações de interesse social.

 

Com informações da Agência CNM de Notícias.