Estados, municípios e o Distrito Federal já podem investir os recursos da sexta parcela do Pnae

Entes federativos podem consultar valor repassado

O Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), oferece alimentação escolar e ações de educação alimentar e nutricional a estudantes de todas as etapas da educação básica pública, para melhorar os hábitos alimentares dos alunos. A transferência dos recursos é dividida em dez parcelas, de fevereiro a novembro de cada ano, correspondentes a 20 dias letivos por mês. Os recursos, referentes à sexta parcela, já podem ser investidos pelos entes federativos. No total, foram distribuídos R$ 353,5 milhões.

Gerenciado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), o Pnae atende diariamente mais de 40 milhões de estudantes em cerca de 150 mil escolas. Para saber o valor específico enviado a cada ente federativo, basta acessar o portal eletrônico do FNDE, em Liberação de recursos.

Pandemia

Com as aulas presenciais suspensas por conta da pandemia do coronavírus, o governo federal alterou a legislação do programa para possibilitar a entrega dos alimentos diretamente às famílias dos estudantes. Os produtos são distribuídos em forma de kits de alimentação, definidos pela equipe de nutrição local, de acordo com as determinações do Pnae, como respeitar os hábitos alimentares, a cultura local e a qualidade nutricional e sanitária.

 

Com informações do FNDE.