Gestores podem participar do Programa Nacional de Prevenção à Corrupção

Prazo foi prorrogado até dia 30 de agosto

Gestores do país, podem aderir ao Programa Nacional de Prevenção à Corrupção (PNPC). Prazo foi prorrogado até o próximo dia 30 de agosto. A iniciativa conta com o apoio da Confederação Nacional de Municípios (CNM). Com o objetivo de fortalecer as estruturas de prevenção à corrupção das organizações públicas, induzir a melhoria do perfil dos gestores e manter sob controle a corrupção no Brasil é que o programa está em funcionamento. O gestor que tiver interesse em participar, basta clicar aqui e seguir o passo a passo.

Lançado oficialmente em maio deste ano, o PNPC contou com o apoio da CNM. A entidade entende que, com a adesão de todos, tanto órgãos de controle, como a população em geral, é possível fazer uma gestão transparente. A Confederação vem trabalhando, ao longo de mais de 40 anos, para qualificar a gestão pública e os governos locais.

O programa

O PNPC é uma proposta inovadora adotada pela Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (ENCCLA), com coordenação e execução pelas Redes de Controle nos Estados, patrocinada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e pela Controladoria-Geral da União (CGU). E além da CNM, a ação conta com o apoio da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon), Conselho Nacional dos Presidentes dos Tribunais de Contas (CNPTC), Associação Brasileira dos Tribunais de Contas dos Municípios (Abracom) e Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci).

 

Com informações da Agência CNM de Notícias.