Governo do Paraná divulga habilitados para o Compra Direta

Serão investidos R$ 27 milhões para a compra de alimentos produzidos ou processados por agricultores familiares

O Departamento de Segurança Alimentar e Nutricional (Desan), da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento, publicou a relação de pequenas cooperativas e associações da agricultura familiar habilitadas no edital de chamada pública do programa Compra Direta Paraná.

Serão investidos R$ 27 milhões para a compra de alimentos produzidos ou processados por agricultores familiares. A entrega será feita diretamente a entidades socioassistenciais, rede pública de saúde ou alvos de ação alimentar do Estado, que, por sua vez, destinam a pessoas em situação de vulnerabilidade.

Os preços a serem pagos são os compatíveis com os vigentes nos mercados locais ou regionais, de acordo com a metodologia de aferição do Departamento de Economia Rural (Deral/Seab). A expectativa é que o fornecimento dos alimentos comece a ser efetivado ainda neste mês.

Na primeira edição do programa, em 2020, foram destinados R$ 20 milhões. Aproximadamente 12,5 mil agricultores vinculados a 147 cooperativas ou associações de pequenos produtores participaram. Eles forneceram gêneros alimentícios a mais de 900 entidades, com estimativa de atendimento a cerca de 530 mil pessoas.

A relação agora publicada apresenta 116 organizações totalmente habilitadas, 42 parcialmente habilitadas e sete inabilitadas.

Para mais informações acesse: http://compradireta.seab.pr.gov.br/compradireta/

 

Com informações da Agência de Notícias do Paraná.