Governo Federal anuncia repasses para obras e projetos de saneamento básico em 15 unidades da federação

Recursos somam R$ 72,7 milhões a atenderão 42 obras

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) anunciou na última semana, a autorização de pagamentos que somam R$ 72,7 milhões para a continuidade de 42 obras e projetos de saneamento básico em 14 estados do País e no Distrito Federal.

Os repasses, que são os primeiros logo após a sanção da Lei Orçamentária Anual (LOA), vão atender empreendimentos nos estados do Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, Santa Catarina, Sergipe e São Paulo, além do Distrito Federal. Nas próximas semanas, serão anunciadas liberações de recursos para outras localidades.

O Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, destacou a importância do novo Marco Legal do setor, sancionado no ano passado, que possibilita um maior volume de investimentos. “Dá previsibilidade, segurança jurídica e ordenamento adequado para que a iniciativa privada possa se juntar ao poder público e fazermos esse pacto nacional de universalizar o tratamento de água e esgoto no País”, afirmou Marinho.

Repasses

A unidade federativa com maior volume de recursos é Sergipe, que receberá R$ 23,4 milhões.

As obras no estado de São Paulo vão receber R$ 13,7 milhões. Os recursos serão destinados às cidades de Araras, Bauru, Jaú, Mogi das Cruzes, Mogi Guaçu, São José do Rio Preto, Sertãozinho, Sorocaba, Tupã e Várzea Paulista.

Por sua vez, empreendimentos nas cidades goianas de Águas Lindas de Goiás, Anápolis, Aparecida de Goiânia, Catalão, Goiânia e Luziânia receberão investimentos federais da ordem de R$ 12,6 milhões.

No Paraná, obras em Curitiba e Sarandi vão ter acesso a R$ 6,3 milhões.

No Pará, ações em andamento em Ananindeua, Belém, Parauapebas e Santarém contarão com R$ 3,9 milhões.

Em Minas Gerais, o repasse de R$ 2,7 milhões vai permitir o prosseguimento dos trabalhos em Barbacena, Muriaé, Ribeirão das Neves e Timóteo.

Para o Distrito Federal, serão destinados R$ 2,6 milhões.

João Pessoa, capital da Paraíba, terá acesso a R$ 2,5 milhões.

No estado de Rondônia, projetos em Ji-Paraná e Vilhena contarão com repasse do mesmo valor.

Já as cidades catarinenses de Itapema e Joinville contarão, juntas, com R$ 917,8 mil.

A capital de Pernambuco, Recife, terá repasse de R$ 608,1 mil.

Colatina, no Espírito Santo, ficará com R$ 245,1 mil. Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, contará com R$ 167,5 mil.

Itapecuru Mirim, no Maranhão, terá acesso a R$ 159,8 mil e Teresina, no Piauí, a R$ 31 mil.

 

Com informações do Ministério do Desenvolvimento Regional.