Grupo de Trabalho para tratar da aquisição e distribuição de vacinas contra a Covid-19 se reúne em Brasília

Terceira reunião resultou no alinhamento de ações da União em prol de um imunizante

O Grupo de Trabalho para coordenar a aquisição e a distribuição de vacinas contra a Covid-19 se reuniu na última no dia 27 de novembro, na sede do Ministério da Saúde, para alinhar ações governamentais que garantam imunizantes com qualidade, eficácia e segurança.

Na ocasião, o secretário-executivo da Pasta, Elcio Franco, apresentou um balanço das reuniões realizadas com desenvolvedoras de vacinas nas últimas semanas e pontuou os objetivos da estratégia de vacinação contra a Covid 19. Entre eles: a contribuição da redução de morbidade e mortalidade, a redução da transmissão da doença e a vacinação de populações com maior risco de exposição ao vírus e com risco de desenvolver complicações e óbitos pela doença.

Franco também reforçou o status das vacinas que estão em fase 3 de pesquisa clínica, e que vêm sendo acompanhadas pela Pasta. “Nosso objetivo é favorecer uma futura tomada de decisão com relação ao processo de aquisição das vacinas quando aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)”, afirmou.

Ensaios clínicos de Fase III realizados no Brasil

Grupo de Trabalho para a coordenação de esforços da União na aquisição e na distribuição de vacinas contra a Covid-19 – Coordenado pelo Ministério da Saúde o GT, definido pela resolução nº 8 de 9 de setembro de 2020,  é formado por integrantes da Casa Civil; Ministérios da Defesa; Relações Exteriores; Economia; Ciência e Tecnologia; Família e Direitos Humanos; Anvisa; Controladoria Geral da União, entre outros.

Monitoramento das Vacinas em desenvolvimento contra Sars-CoV-2 – O Ministério da Saúde tem monitorado o desenvolvimento global de vacinas contra Sars-CoV-2. No relatório, são apresentadas as etapas de desenvolvimento de uma vacina e informações técnicas e científicas detalhadas de cada candidata à vacina em fase clínica. Para acessá-lo, clique aqui.

 

 

Fonte: Portal Gov.br