Importação de medicamentos à base de canabidiol já pode ser feita pela internet

Serviço deverá reduzir em um terço tempo de espera dos usuários. Formulário está disponível no portal gov.br

O atendimento às demandas de médicos e de pacientes em tratamento com produtos à base de canabidiol será mais rápido com a nova ferramenta disponibilizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em estratégia coordenada pela Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia.

Desde o dia 02 de outubro, as solicitações de importação excepcional desse tipo de produto podem ser registradas diretamente no Portal Gov.Br. O portal concentra os serviços já oferecidos digitalmente no âmbito federal.

A iniciativa elimina etapas que antes eram necessárias para o atendimento de pedidos, como a triagem de mensagens eletrônicas com os pedidos e a abertura manual de processos. Há economia para o cidadão e para o governo federal. A estimativa é que seja reduzido em um terço o tempo de espera do usuário, entre a solicitação e a conclusão do pedido.

“A disponibilização desse serviço digital traz benefícios significativos aos pacientes que necessitam dos produtos à base de canabidiol”, afirma o secretário de Governo Digital do Ministério da Economia, Luis Felipe Monteiro.

Segundo ele, o objetivo é beneficiar a população com a digitalização de um número cada vez maior de serviços. “Em 2019, a parceria de sucesso com a Anvisa trouxe também para o digital outro serviço importante: o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia”, acrescenta o secretário.

 

Fonte: Ministério da Economia