Lançada a Diretriz Nacional de Polícia Comunitária

O Ministério da Justiça e Segurança Pública lançou recentemente a Diretriz Nacional de Polícia Comunitária, instituindo as bases e os fundamentos do Sistema Nacional de Polícia Comunitária.

Elaborado a partir da colaboração de 26 estados brasileiros, sob a coordenação da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), o documento é resultado de um acordo de cooperação técnica estabelecido entre o Brasil e o Japão, em 2014. Naquela ocasião, a parceria aconteceu visando a disseminação e multiplicação dos fundamentos da polícia comunitária nipônica pelas instituições brasileiras de segurança pública.

A filosofia da Polícia Comunitária abrange muito mais do que ações de policiamento ostensivo. A atuação com base nesse modelo ocorre também a partir da identificação de reivindicações da comunidade como, por exemplo, a falta de iluminação pública em determinados locais.

Atualmente, incentivados pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da Secretaria Nacional de Segurança Pública, os entes federados são estimulados à prática policial que esteja em conformidade com os postulados da Polícia Comunitária, permitindo a constituição de um sistema que se funda na cooperação e visão sistêmica.

Conheça a Diretriz Nacional de Polícia Comunitária.

 

Com informações do Ministério da Justiça e Segurança Pública