MCTIC e CGEE realizam 3º Seminário Internacional de Soluções Baseadas na Natureza

Evento é aberto ao público e será realizado nos dias 10 e 11 de março, em Brasília (DF)

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e o Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE) realizam, nos dias 10 e 11 de março, o 3º Seminário Internacional de Soluções Baseadas na Natureza (SbN). O tema dessa edição é “o desafio da água e as cidades”. O evento ocorrerá na sede do Centro, em Brasília (DF). O projeto Diálogos Setoriais União Europeia-Brasil é correalizador da iniciativa.

O CGEE é uma organização social vinculada ao MCTIC e atua na iniciativa por meio do Observatório de Inovação para Cidades Sustentáveis (Oics), desenvolvido pelo Centro no âmbito do projeto CITinova, do ministério. O projeto conta com o apoio do Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF) e implementação do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (ONU Meio Ambiente).

O objetivo do encontro é promover discussões sobre como enfrentar desafios urbanos por meio de soluções provindas da natureza, em busca de melhores qualidade de vida e resiliência climática. O Oics, por meio de uma plataforma virtual, busca mapear e divulgar soluções urbanas inovadoras, contextualizadas ao território nacional. Nesse sentido, as SbN são destaque nas pesquisas do observatório.

Participam da programação representantes de instituições como a Agência Nacional de Águas (ANA); o Governo Locais pela Sustentabilidade (Iclei); a Water Joint Programming Initiative; a Fundação Getúlio Vargas (FGV); a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG); o Instituto Catalão de Pesquisa da Água (Icra); a Comissão Europeia; o Centro Brasil Design (CBD); e a Fundação Boticário; entre outras.

O evento conta com a parceria da ANA; dos ministérios da Economia, das Relações Exteriores e do Desenvolvimento Regional; da Secretaria de Meio Ambiente do Distrito Federal (Sema/DF); da ONU Meio Ambiente; e do GEF.

O evento é gratuito e as inscrições podem ser feitas pelo link https://forms.gle/2zb4MUSo384Q8LHa9.

Para conferir a programação completa, clique aqui.

 

Fonte: Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações