Ministério da Cidadania comemora a aprovação de R$ 870 milhões para Assistência Social

Gestores municipais, estaduais e federais celebraram aprovação de projeto que possibilita repasse para a área

Estados e municípios deverão contar com R$ 870 milhões para a execução da política social em suas regiões. A aprovação para liberação de recursos federais para ações de proteção básica e especial do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) foi a pauta principal da reunião da Comissão Intergestores Tripartite (CIT), realizada na semana passada, em Brasília. O encontro reuniu gestores municipais, estaduais e federais da área de assistência social. Na ocasião, o secretário especial de Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania, Lelo Coimbra, comemorou a aprovação dos valores. “Municípios, estados e todos os nossos parceiros sabem do esforço que o ministro Osmar Terra e todo o ministério vêm fazendo para alcançarmos essa liberação”, disse.

A secretária-executiva do Ministério da Cidadania, Ana Pellini, e a secretária nacional de Assistência Social, Mariana Neris, também participaram da reunião. A presidente do Fórum Nacional de Secretários de Estado de Assistência Social (Fonseas), Elisa Cleia, afirma que o trabalho realizado pelo Ministério da Cidadania é importante para a garantia da manutenção dos serviços nos municípios.

“Creio que foi um resultado muito bom. Essa junção de esforços vem qualificar e fortalecer o Sistema Único da Assistência Social. Quando trabalhamos em conjunto, conseguimos oferecer um serviço de maior qualidade e levar um entendimento maior para nossos legisladores sobre a política da assistência social”, pontuou.

Para a presidente do Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social, o Congemas, Andréia Lauande, o repasse é resultado de um esforço conjunto entre municípios, estados e união para garantir o funcionamento das políticas do SUAS. “É um momento desafiador, mas também um momento de muito orgulho da força dessa política pública, da força dos municípios. Essa política se tornou pauta no Congresso esta semana”, comenta. Segundo ela, é importante que a mobilização entre os poderes permaneça e ajude a garantir o orçamento para o próximo ano.

 

Fonte: Ministério da Cidadania