Ministério do Meio Ambiente quer eliminar os lixões brasileiros

O Ministério do Meio Ambiente lançou na última semana o Programa Nacional Lixão Zero, em um evento realizado em Curitiba/PR.

A iniciativa visa atender à Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). O objetivo é eliminar os lixões brasileiros e dar apoio aos municípios no que se refere a soluções mais adequadas de destinação resíduos sólidos (aterros sanitários, por exemplo).

O programa é dividido em cinco partes:

– Diagnóstico do problema dos resíduos sólidos no Brasil.
– Apresentação da situação desejada relativa à gestão integrada dos resíduos.
– Citação de indicadores para auxiliar o monitoramento dos avanços relativos à implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos.
– Destacamento dos eixos de implementação para a concretização da situação desejada.
– Apresentação do plano de ação com as medidas prioritárias e detalhadas para enfrentamento da realidade dos resíduos sólidos urbanos no país.

Recursos

De acordo com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, estão disponíveis R$ 750 milhões para apoio às prefeituras que criarem centros de coleta seletiva e reciclagem de resíduos. A verba servirá como um ressarcimento aos entes que criarem os referidos centros e os colocarem em andamento. A previsão é que, no ano que vem, mais R$ 2 bilhões sejam aplicados no Lixão Zero.