Novas obras literárias podem ser escolhidas por escolas públicas de todo o Brasil

Guia do PNLD Literário está disponível no portal do FNDE

Professores, diretores e coordenadores pedagógicos das redes públicas de ensino já podem conferir as obras literárias disponíveis para escolha no âmbito do Programa Nacional do Livro e do Material Didático (PNLD). O Guia do PNLD Literário 2020, que contém um resumo dos livros aprovados para alunos dos anos finais do ensino fundamental, foi publicado no início deste mês, no portal do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). A escolha das obras deve ser feita entre 16 e 25 de setembro no sistema PDDE Interativo/Simec.

As unidades de ensino devem selecionar dois livros por estudante dos anos finais do ensino fundamental (6° ao 9° ano), além de acervos para reforçar as bibliotecas escolares com obras para a mesma etapa de ensino. A quantidade de acervos que cada escola terá direito será definida automaticamente pelo sistema de escolha, de acordo com o número de estudantes de cada unidade.

“São 14 tipos de acervos disponíveis para a categoria 1, que engloba os alunos do 6° e 7° ano do ensino fundamental, e outros 14 para a categoria 2: 8° e 9° ano. Cada um desses acervos tem entre 23 e 25 obras de gêneros literários diversos, como romances, biografias, contos, crônicas, clássicos, entre outros”, comenta o diretor de Ações Educacionais do FNDE, Garigham Amarante.

Caso a escola ainda não tenha acesso ao sistema PDDE Interativo/Simec, deve entrar em contato com a respectiva Secretaria de Educação e solicitar liberação. O acesso ao sistema é feito com o CPF do diretor de cada unidade de ensino e uso de senha pessoal.

O FNDE orienta ainda sobre a importância de a escolha ser feita a partir de uma reflexão coletiva. “Professores e gestores escolares devem fazer reuniões, mesmo que virtuais, para que sejam escolhidos os livros de literatura mais adequados à realidade de cada escola”, explica a coordenadora-geral dos Programas do Livro, Nádja Cézar.

 

Fonte: FNDE ( Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação)