ODS: Oficinas da ABM têm previsão para retornar até abril de forma virtual

Objetivo é apresentar ferramentas para que as prefeituras incluam ações da Agenda 2030 nos programas de governo

A Associação Brasileira de Municípios (ABM), está preparando o retorno do ciclo de oficinas de capacitação de gestores públicos municipais tendo como temas os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e a Nova Agenda Urbana (NAU). A previsão é que até meados de abril as atividades sejam iniciadas. As oficinas serão virtuais.

As capacitações serão voltadas a Prefeitos e Prefeitas, gestores e gestores municipais das áreas de Planejamento Urbano, Meio Ambiente, Educação, Saúde, Desenvolvimento Social, Desenvolvimento Econômico, entre outras áreas. Será estendido ao setor acadêmico, organizações da sociedade civil com interesse em atividades relacionadas ao desenvolvimento sustentável.

De acordo com Valentina Falkenstein, assessora da presidência da ABM e uma das coordenadoras do projeto, as oficinas têm a intenção de despertar nos novos gestores municipais a necessidade de planejar as ações de governo, mas tendo como referências os ODS e a NAU.

Agenda 2030 e os ODS

A Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas, adotada em 2015, é um plano de ação para as pessoas, o planeta e a prosperidade, que busca fortalecer a paz universal e potencializar o desenvolvimento sustentável. Ela consiste em uma Declaração, em um quadro de resultados – os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e suas 169 metas -, em uma seção sobre meios de implementação e de parcerias globais, bem como um roteiro para acompanhamento e revisão.

Os ODS são o núcleo da Agenda e espera-se que sejam alcançados até o ano 2030. São objetivos e metas, para que todos os países adotem de acordo com suas próprias prioridades e atuem no espírito de uma parceria global orientadora das escolhas necessárias para melhorar a vida das pessoas, agora e no futuro.

Os 17 Objetivos são integrados e indivisíveis, e mesclam, de forma equilibrada, as três dimensões do desenvolvimento sustentável: a econômica, a social e a ambiental. São como uma lista de tarefas a serem cumpridas pelos governos, a sociedade civil, o setor privado e todos cidadãos na jornada coletiva para um 2030 sustentável. Nos próximos anos de implementação da Agenda 2030, os ODS e suas metas irão estimular e apoiar ações em áreas de importância crucial para a humanidade: Pessoas, Planeta, Prosperidade, Paz e Parcerias.

 

Com informações da Associação Brasileira de Municípios.