Olimpíada de Matemática premia os melhores alunos entre 18 milhões de participantes

Os alunos vencedores da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) de 2018 receberam a premiação em evento realizado em Salvador (BA), neste mês. A 14ª edição entregou 575 medalhas de ouro a estudantes de todo o país. Em 2018, 18,2 milhões de estudantes participaram do projeto.

A OBMEP é realizada desde 2005 pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), em parceria com o Ministério da Educação (MEC) e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). A Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) apoia iniciativa.

Segundo o professor Marcelo Viana, diretor-geral do Impa, nenhum outro evento tem a capilaridade da Olimpíada. “O que temos aqui é o futuro do Brasil. Alunos de mais de 55 mil escolas, representando 99,4% dos municípios brasileiros”, pontuou.

Viana ressaltou que a OBMEP identifica talentos em todo o Brasil, estimula o gosto pela ciência, contribui para a melhoria do ensino e oferece oportunidades.

Além das medalhas de ouro, 6,9 mil alunos foram premiados com medalhas de prata ou bronze. Outros 46,6 mil estudantes receberam menção honrosa.

Os ganhadores de medalhas garantem o ingresso em programas de iniciação científica, com direito a bolsa de incentivo financeiro mensal concedido pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Para as próximas edições, o Impa pensa em universalizar a Olimpíada de Matemática, levando o projeto também às séries iniciais do Ensino Fundamental. “É fundamental que os benefícios que a OBMEP traz sejam oferecidos a todos desde muito cedo”, disse.

OBMEP

A Olimpíada é destinada a estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio. Desde a criação em 2005, a OBMEP tem como metas estimular o estudo da Matemática, revelar talentos – incentivando seu ingresso nas áreas científicas e tecnológicas – e promover a inclusão social pela difusão do conhecimento.

 

Fonte: Luciano Marques | Portal MEC