Paraná assina cooperação inédita para acelerar desenvolvimento sustentável dos municípios

Iniciativa tem como objetivo auxiliar municípios a identificar desafios e resolver problemas em prol da qualidade de vida de seus cidadãos

O Paraná é o primeiro estado do Brasil a integrar um programa de aceleração do desenvolvimento sustentável que engloba seus 399 municípios: o Projeto de Fortalecimento da Rede Estratégia ODS, com apoio do Programa Cidades Sustentáveis. A iniciativa tem como objetivo auxiliar os municípios a identificarem desafios e resolverem problemas em prol da qualidade de vida de seus cidadãos, criando novas estratégias para atingir as metas da Agenda 2030.

A adesão foi assinada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, durante um evento no Palácio Iguaçu em comemoração aos seis anos do lançamento da Agenda 2030 — documento promovido pela ONU e reúne 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) que guiam boas práticas na sociedade até 2030. Outras três iniciativas de fomento à Agenda 2030 também foram lançadas no evento.

“Os ODS criam uma bússola para solucionar problemas comuns na sociedade, melhorando a qualidade de vida de uma população. Eles são como um plano de governo, deixando claro o que o gestor público deve fazer para melhorar sua região. O Paraná já é exemplo mundial no desenvolvimento sustentável, e continuamos na vanguarda com novas ações que fomentam essas iniciativas diretamente com os municípios”, afirmou o governador.

O projeto é coordenado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), Programa Cidades Sustentáveis, Fundação Abrinq e Agenda Pública, e financiado pela União Europeia. No Paraná, essa cooperação contempla cinco atores, articulados pelo Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico e Social do Paraná (Cedes) — responsável pela implementação da Agenda 2030 no Estado. Além do Cedes, integram a ação o Programa Cidades Sustentáveis, a FNP, a Associação dos Municípios do Paraná (AMP) e a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedu), através do Paranacidade.

O chefe de cooperação da Delegação da União Europeia no Brasil, Stefan Agne, disse que é um desafio transformar os ODS em ações, e que a cooperação concretiza um plano de ação bem definido. “A troca de boas práticas e a inovação tecnológica e social aceleram o processo de desenvolvimento sustentável. A Agenda 2030 cria muitas oportunidades para essa cooperação”, endossou.

Ações

A primeira ação da cooperação será realizar encontros regionais para chegar aos municípios. Será definido um cronograma de encontros para sensibilizar as prefeituras a aderirem ao Programa Cidades Sustentáveis, que dá acesso a recursos tecnológicos concentrados em uma plataforma online.

Através desse ambiente virtual, cada prefeitura pode analisar quais são seus desafios entre vários indicadores, tendo mais informações para definir investimentos e novas políticas públicas. Nesta etapa, o programa realiza um trabalho técnico junto a equipes municipais, fornecendo ferramentas para que a prefeitura faça um planejamento do seu desenvolvimento sustentável.

Segundo o coordenador-geral do Programa Cidades Sustentáveis, Jorge Abrahão, a iniciativa de adesão pelo Governo do Estado convoca e estimula as cidades a participarem do programa.

Missão ODS

Além da assinatura da cooperação, o Governo do Estado promoveu um pacote de ações para fomentar o desenvolvimento sustentável. Uma delas foi o lançamento do Relatório Missão ODS. O documento reúne um panorama com a performance de cada município nas metas da Agenda 2030.

O relatório será atualizado semestralmente e entregue a cada prefeitura. Com isso, gestores municipais podem identificar oportunidades e fragilidades locais, auxiliando na tomada de decisão. A iniciativa contou com parceria do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes) e da Celepar, extraindo informações já existentes de diferentes bancos de dados relacionados ao tema no Paraná.

Boas Práticas

Outra ação promovida no evento foi o lançamento do Portal Boas Práticas ODS. O site funciona como uma vitrine de iniciativas de desenvolvimento sustentável realizadas por todo o Estado, destinado ao primeiro, segundo e terceiro setor. Ele foi elaborado em parceria com a Celepar e permite uma busca regional de iniciativas.

O portal é aberto para que a iniciativa privada cadastre e compartilhe ações protagonizadas pelas empresas que se relacionem a um ou mais ODS. Com ele, o objetivo do Cedes é estimular novas parcerias entre organizações de diferentes esferas que compartilhem entre si o propósito de impactar positivamente na qualidade de vida do cidadão.

Guia Para Campanhas

Também foi feito o lançamento do Guia de Implantação de Campanha de Sensibilização sobre a Agenda 2030. Disponível em e-book, a publicação disponibiliza um passo a passo para que instituições públicas ou privadas possam realizar campanhas de sensibilização sobre os ODS com seus colaboradores. Ela é interativa, disponibilizando vídeos e links externos para expandir o aprendizado.

O guia pode ser baixado nos sites da Sedu e do Paranacidade.

 

Com informações da Agência Estadual de Notícias do Paraná.