Parceria visa capacitação de 800 mil profissionais de segurança pública

O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), por meio da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), e o Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica (CONIF) assinaram um acordo de cooperação técnica para a formação e capacitação de agentes de segurança pública em todo o país.

Assinado pelo secretário Nacional de Segurança Pública, Guilherme Theophilo, a iniciativa envolve curso de formação de Guarda Civil Municipal; Capacitação Continuada dos Operadores de Segurança Pública; Construção de Planos de Segurança Pública; Criação de Grupos para Diagnósticos Locais de Segurança Pública; Expansão do Curso de Tecnólogo em Segurança Pública na Rede IF; Criação do Cursos de Especialização Profissional lato sensu e stricto sensu em Segurança Pública e Curso de Formação Cidadã para comunidade. Desta forma, a expectativa é contribuir com a formação de 800 mil profissionais até 2022, de acordo com a demanda de cada região.

Para o secretário Nacional de Segurança Pública, o convênio é uma oportunidade ímpar para investir na carreira dos profissionais da área. “A proposta dos Institutos Federais vem ao encontro dos objetivos do Ministério da Justiça e Segurança Pública que é incentivar pesquisas, estudos e trabalhar com os recursos humanos que temos. Com essa integração e grande investimento na capacitação, conseguiremos atingir as metas do ministério de combate ao crime violento, organizado e à corrupção”, explicou Teophilo.

Na ocasião, o presidente do CONIF, Jerônimo Rodrigues da Silva, apresentou a estrutura da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica e destacou a missão dos Institutos Federais no que diz respeito ao fomento do desenvolvimento regional e o estímulo à capacitação e qualificação dos servidores.

Segundo ele, são mais de 600 campi em 568 municípios do país. Jerônimo explicou ainda que, na prática, o número de profissionais capacitados vai depender das demandas apresentadas pela Senasp. “O potencial da nossa instituição é muito grande, em função do nosso número de campi e professores em todas as regiões do Brasil. Então, estaremos prontos para atender. Em Goiás, por exemplo, no projeto-piloto mais de mil profissionais de segurança pública já foram capacitados”, afirmou.

Além de representantes do MJSP e CONIF, participaram da cerimônia de assinatura do acordo reitores de IF’s, pró-reitores, professores universitários e guardas municipais.

 

Fonte: Ministério da Justiça e Segurança Pública