Preocupados com queda de arrecadação prefeitos buscam orientação na CNM

A repercussão de nota emitida pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) sobre a preocupação da entidade com a gestão fiscal dos municípios neste início de ano tem sido ampla entre os gestores municipais. O prefeito de Dores do Indaiá (MG), Ronaldo Costa é um deles.

Em visita recente à sede da CNM, o gestor quis ouvir dos técnicos da entidade o motivo da queda. “A gente fica preocupado. Tenho que chegar no final do ano com as despesas liquidadas. E quando você enxerga uma queda de receita fica preocupado. Se tivemos ao longo do ano quedas de receita, nós temos que nos preparar para trabalhar dentro da realidade”, disse Ronaldo.

O prefeito foi recebido pelos analistas técnicos da área de Estudos Técnicos, Wanderson Rocha, e da área de Finanças, Alex Carneiro. Na oportunidade, os colaboradores, além de esclarecer as dúvidas do gestor, apresentaram um panorama do Município que integra o Conteúdo Exclusivo destinado a Municípios filiados à entidade.

Carteirinha

Outro diferencial oferecido ao Município filiado à CNM é a carteirinha de prefeito, que permite acesso rápido aos mais diversos órgãos do Executivo e do Legislativo federal. Sabendo desse diferencial, o prefeito de Jaborá (SC), Adelir Manoel Inácio, aproveitou visita a Brasília para vir na CNM fazer a sua carteirinha.

É que o gestor assumiu a prefeitura no início do ano após renúncia do então prefeito local. “Temos sempre muitas demandas em Brasília, onde tudo acontece”, que completa enaltecendo o trabalho da CNM. “É uma entidade muito importante para os municípios, especialmente para o nosso que é um Município pequeno. Então eu acho que ela atua com muita importância em defesa dos pequenos municípios”.

Fonte: Confederação Nacional de Municípios