Saúde prorroga custeio de leitos de UTI Covid-19 em todo o Brasil

A medida foi definida junto ao Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e de municípios (Conasems)

O Governo Federal vai prorrogar o custeio de 14.254 mil leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) adulto e pediátrico destinados ao tratamento da doença por mais 30 dias. A iniciativa garante assistência a pacientes que desenvolvam formas graves ou gravíssimas da doença.

A medida foi definida junto ao Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e de municípios (Conasems), e visa fortalecer o sistema de saúde em um momento de alta nos casos de síndrome respiratória grave.

O Ministério da Saúde também segue monitorando a situação epidemiológica no Brasil e, caso seja necessário, avaliará novas prorrogações. Em todo o país, a Pasta já autorizou mais de 26 mil leitos de UTI Covid adultos e pediátricos, por R$ 16,2 bilhões.

Outra iniciativa do Ministério da Saúde foi transformar 6,5 mil leitos que estavam sendo usados exclusivamente para pacientes com Covid-19, em leitos de UTI convencional. No entanto, a medida só passará a valer depois da prorrogação, quando a ocupação dessas unidades por pacientes graves e gravíssimos tiver diminuído.

 

Com informações do Ministério da Saúde.