Seleção pública premiará detentores de manifestações culturais afro-brasileiras

Detentores de manifestações culturais de Comunidades Remanescentes de Quilombos (CRQs) e não quilombolas autodeclarados negros (pretos ou pardos) podem participar da seleção pública “Arte do Quilombo”. Os interessados, que devem ser comprovadamente praticantes das expressões culturais afro-brasileiras, devem se inscrever até o dia 24 de agosto.

A premiação, com valor total de R$ 688 mil, contemplará 100 projetos. Serão selecionados quatro vencedores por categoria, divididos em Música, Dança, Teatro, Leitura, escrita e oralidade, e Artesanato. Cada região do país receberá 20 prêmios individuais de R$ 6.880,00.

Serão classificadas as iniciativas com propostas que apresentem manifestações da cultura afro-brasileira, o resgate, a valorização e a preservação de saberes dos povos tradicionais remanescentes de quilombos. Também serão selecionados projetos de caráter socioeducativo, com a valorização das fontes de conhecimento, das dimensões históricas, sociais e tradicionais da cultura afro-brasileira.

A iniciativa da Fundação Cultural Palmares (FCP) tem o apoio institucional da Secretaria Nacional de Promoção de Políticas da Igualdade Racial (SNPIR) do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH).

Para a secretária nacional de políticas de promoção da igualdade racial, Sandra Terena, o edital mostra o empenho do Governo Federal em promover oportunidades. “É uma chance para os candidatos quilombolas e negros praticantes de expressões culturais afro-brasileiras mostrarem seu potencial artístico. É uma ótima notícia para os artistas da área da música, dança, teatro, leitura e artesanato. Vamos divulgar ao máximo essa iniciativa”, afirma.

Inscrições

Em razão do isolamento social e das medidas de prevenção à Covid-19, as inscrições deverão ser realizadas exclusivamente pelo e-mail artedoquilombo2020@gmail.com. Os candidatos devem colocar no título do e-mail a informação “INSCRIÇÃO EDITAL 2020 – NOME DO CANDIDATO”.

Para concorrer, o interessado ainda deve encaminhar no e-mail o Formulário de Inscrição disponível no edital preenchido, além da cópia do documento de identificação, da autodeclaração étnico-racial e da Declaração de Pertencimento Étnico para os casos de quilombolas.

Também deve ser enviado junto aos documentos um vídeo, com duração de 3 a 10 minutos, apresentando a proposta. Para a categoria Artesanato, o candidato deverá encaminhar entre 10 e 15 fotografias com a apresentação dos produtos.

O detalhamento do processo e os anexos que deverão ser preenchidos estão contidos no edital que pode ser acessado aqui.

Para tirar dúvidas e obter mais informações sobre a seleção, os interessados devem entrar em contato pelo e-mail palmaresdep@gmail.com.

 

Fonte: Portal Gov.br